Arte para Todos
desde os Bebés

O bebé é pura sensorialidade e transita pela arte da fruição, sendo afetado por todas as relações construídas ao seu redor, incluindo materiais, sons, cheiros, movimentos. Cada elemento é apreciado e experienciado inteiramente a partir de um propósito: o desejo de integrar-se, de constituir-se como um ser humano. É nesta investigação que o bebé experimenta o mundo, e pode transitar de maneira autónoma nesta experiência, sê inserido num ambiente seguro, relaxado, consciente e amoroso.

 

A presença ativa do cuidador principal deste bebé é de suma importância para criar o elo e continuidade segura de sua investigação livre e autónoma, por isso é um dos objetivos desta proposta dar suporte a este adulto de referência a partir da ampliação e sistematização de repertório artístico, com foco no olhar e escuta aos pequenos. Este cuidador, que pode ser a professora, a mãe ou pai, ou o adulto/cuidador que passa o maior tempo com o bebé, deve estar atento e entregue a esta experiência de percepção e expressão pela arte.